Que tal shampoo de queijo e condicionador de bacon?

Olá sofisticadas tudo bem?

Para aquele brilho perfeito nos cabelos, porque não experimentar shampoo de queijo e condicionador de bacon?

É sério, os produtos são reais, e a idéia veio do @einstenbros. Einstein Brothers Bagels.

“O que é melhor do que começar o dia com um delicioso aroma de queijo e bacon dos sanduiches do Einsten Bagels? Agora você pode ter esse aroma durante todo dia,” disse um dos vice presidentes.

O shampoo e condicionador vão estar disponíveis à partir do dia 1 de Abril, e o valor é $9,99 pelos dois produtos. Cheesy shampoo, wakin bacon conditioner.

A idéia é bem engraçada e chamou minha atenção porque não é específicamente para tratar nada, apenas para cheirar como legítimo café da manhã americano. Será que existe gente corajosa suficiente para isso?

O que vocês acharam? Usariam?

Um super abraço e até a próxima.

Shampoo pode causar caspa?

Olá sofisticadas!!

Ninguém gosta de ter caspa né? Além de parecer falta de higiêne, incomoda e é difícil combater.

A caspa ou Dermatite seborréica pode ser causada por diversos fatores: processos químicos que podem irritar o couro cabeludo, estresse, distúrbios ou alterações hormonais, fungos, má alimentação (gordura e açucar) podem causar um desiquilíbrio das glândulas sebáceas.

Mas…

E quando você descobre que um shampoo por algum ingrediente da formulação causou a caspa? Aconteceu comigo. Recentemente observei que meu shampoo de óleo de Argan, (não vou falar a marca), mas ele é sem sulfato, corantes e parabenos. Muito cremoso um cheiro ótimo, deixava meu couro cabeludo como se tivesse jogado alguma farinha, no ínicio não imaginei que pudesse ser ele o causador, usei ele várias vezes e o problema persistia, ficava com medo que alguém notasse e concluísse erroneamente que não cuido do cabelo. Um dia por algum motivo usei um outro shampoo e pareceu que tinha usado um anti-caspa, meu couro cabeludo estava com bem menos caspa, lavei outra vez com este outro e estava limpo. Fiquei quase sem acreditar que um shampoo tão dentro dos padrões, no parabens, no sulfate, no colorants, bla-bla-blas pudesse ter causado caspa.

Você sabe como lavar seu cabelo?

O que quero falar com este post é que muitas vezes o problema aparece e nem imaginamos que o causador possa ser aquele produto “perfeito”. Talvez outras pessoas que usaram esse shampoo não tiveram essa reação, talvez algum ingrediente da fórmula me causou alergia, eu não sei, mas descontinuei o uso, mesmo que só descobri depois de usar quase o vidro todo, 😢😕.

Então se você derrepente começou a ter caspa, depois de considerar os fatores possíveis, considere seus produtos de tratamento também. Se persistir o problema procure orientação profissional, pois a caspa pode causar queda de cabelo e até calvíce. 😉

Um grande abraço e bom final de semana.

Como lavar seu cabelo

Olá sofisticadas, tudo ok?

Quem nunca saiu do salão de beleza com uma escova capa de revista e chegou em casa com uma raíz super alta, e com a sensação de cabelo sujo? Se você tem um compromisso, a vontade que dá é lavar o cabelo e sair natural mesmo. Passei algumas vezes por essa situação e decidi fazer diferente, fiz o curso de cabelereira e aprendi fazer minha própria escova, o que já faço há 11 anos.

Depois que me profissionalizei como cabelereira sempre quis que minhas clientes saíssem com o cabelo dos sonhos, limpos e bem escovados, modéstias á parte não deixei a desejar, pois elas sempre voltavam agradecidas. Aprendi que uma boa escova começa com uma boa lavagem, e para uma boa lavagem não precisa necessariamente fazer um curso de cabelereira, mas seguir essas dicas fazem a diferença:

  1. Lave com água morna ou fria se possível.
  2. Aplique o shampoo em suas mãos e coloque no couro cabeludo, massageando com as pontas dos dedos, não com as unhas. Massageie com firmeza, não força, isso estimula a circulação. Lave uma segunda vez e até uma terceira se você tiver muita oleosidade, ( não tenho oleosidade, mas lavo 3 vezes). Não esfregue seus fios, lave apenas o couro cabeludo, a espuma que escorre pelos fios já é suficiente para lavá-lo.
  3. Enxague completamente.
  4. Eu sempre faço hidratação, mas você pode aplicar o condicionador do meio para as pontas e enxaguar, (eu uso desembaraçar nesta etapa, depois enxaguo).
  5. Retire todo o hidratante ou condicionador, não deixe nenhum resíduo de produto.
  6. Não torça o cabelo para retirar a água, esse é um hábito comum principalmente para quem tem cabelo comprido. Apenas aperte com cuidado a toalha contra os fios.
  7. Aplique um “leave in” um creme sem enxuague e penteie, ou se você vai escová-los, aplique um protetor térmico.

    Você conhece a técnica Low poo e no poo?

    As técnicas low poo (pouco shampoo) e no poo (nenhum shampoo), foram conceituadas pela cabelereira Lorraine Massey. As duas técnicas defendem o uso de pouco ou nenhum shampoo e são destinadas principalmente a quem tem cabelos enrolados ou crespos, já que esses fios tendem a ser mais secos devido a dificuldade do sebo natural chegar ás pontas. O uso do shampoo comum, além de limpar, retiram a oleosidade natural dos fios.

    No low poo o shampoo utilizado deve conter substâncias de limpeza leve, e no no poo, a limpeza é feita com condicionador, processo chamado co-wash. Os condicionadores para fazer o co-wash não podem conter derivados do petróleo e silicones insolúveis em água, caso contrário, o produto se acumula no couro cabeludo e causa danos.

    Para aderir a essas técnicas é necessário ler rótulos para encontrar os produtos liberados ou procurar adeptas que já conheçam alguns.

    Eu não vou falar muito dessa técnica aqui, até porque uso lavar o meu cabelo como citado acima, mesmo depois de estudar os benefícios e malefícios da técnica.

    Abraços e até a próxima.